Luís Lourenço – Produções

Cartaz 26 de Abril O DIA SEGUINTE

26 de Abril – O Dia Seguinte

Cartaz 26 de Abril O DIA SEGUINTE

“26 DE ABRIL – O DIA SEGUINTE”

 

FICHA TÉCNICA

género teatral JUVENIL HISTÓRICO-DOCUMENTAL
elenco EDMUNDO ROSA, JOÃO DUARTE, LUÍS LOURENÇO, PAULO DUARTE RIBEIRO, MIGUEL SANTIAGO
encenação & autoria LUÍS LOURENÇO
direção comercial MANUELA JORGE
cenografia LUÍS LOURENÇO
operação técnica NUNO RODRIGUES
figurinos LUÍS LOURENÇO
realização de vídeos LUÍS LOURENÇO
público-alvo 8 aos 17 ANOS e FAMÍLIAS
duração do espetáculo 60 MINUTOS (aprox.)

 

SINOPSE

Atenção Companhia!! Este poderia ser um comunicado da Junta de Salvação Nacional, mas não é: No ano em que Marjorie Wallace renuncia ao título de Miss Mundo e os ABBA vencem, pela primeira vez o Festival da Canção com “Waterloo”, Portugal vai viver uma das mais marcantes passagens da sua história. É dia 24 de Abril de 1974 e José Maria está tranquilamente num café a beber vários copos de 3. Acaba por afogar as mágoas de tal forma que adormece e só acorda no dia 26 de Abril. Desorientado após assistir ao comunicado da Junta de Salvação Nacional sai à rua e depara-se com um povo em festa! Encontra, por acaso, Celeste Caeiro. Não sabem quem é? Consta que foi a mulher responsável pela distribuição dos cravos pelos soldados, daí o nome “Revolução dos Cravos”. Celeste vai contar a José tudo o que se passou até à queda do Governo. Desde o Congresso de Combatentes em 1973 até à apresentação ao País da Junta de Salvação Nacional… da tentativa de Golpe Militar nas Caldas a 16 de Março de 1974 até ao primeiro comunicado do Movimento das Forças Armadas na Rádio Clube Português. Toda a história será contada com recurso às músicas que marcaram a Revolução e a áudios originais, assim como o recurso às tecnologias de projeção de vídeo e interação dos atores com a mesma e jogos de luz que tornam este espetáculo não só um manual pedagógico mas também um grande espetáculo de entretenimento. 26 de Abril – O Dia Seguinte é para quem ainda pensa que a história da Revolução é uma seca e confusa… desafiamos todos a tentar pensar da mesma forma depois de assistir a este importante documento teatral!

  • 00

    days

  • 00

    hours

  • 00

    minutes

  • 00

    seconds

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *